sexta-feira, 16 de abril de 2010

Viagens

Quero ir pra longe, quero ir pra perto.
Quero morrer de frio no gelo.
Quero cair, sedento, no deserto.
Na Sibéria, montar mamutes em pêlo.
No Tibet, descobrir o que é certo.
No Saara, andar em um camelo.
Em Atlântida, respirar sob a água.
Na Bahia, sentar, descansar.
Plantar arroz na Nicarágua.
No Taiti, viver numa casa no mar.
Muambar no Paraguai.
Tentar a sorte nos Estados Unidos.
Matear no Uruguai.
Na África, ajudar os falidos.
Aqui, cantar "Eu sou do Sul".
Ali, velejar no mar azul.
Ganhar do trovador, no tento
Conhecer cada capital.
Declarar meu amor, ao vento.
E encontrar a Fronteira Final.

2 comentários:

  1. amei.
    não sou muito de poemas/poesias,
    mas esse ficou realmente legal :]

    ResponderExcluir
  2. Eu achei um tanto ruim... deve ser porque eu sou neurótico com o esquema de métrica xD
    eu lembro que era de noite, e eu estava a fim de escrever, apesar de não saber um bom assunto. Acabou saindo isso ^^

    ResponderExcluir