terça-feira, 2 de abril de 2013

Uma triste decisão

Tenho um problema sério, agora. Fui bonzinho a vida inteira, e agora as coisas já não vão mais tão bem; já não há mais condições de ser aquele cara querido sempre, constantemente preocupado com o bem estar de todos. Começo a surtar, ou "desligo minha humanidade"? Uma escolha difícil. Se surto, perco muito. Todavia, o mesmo ocorre se deixar de me importar. Se eu surto, me machuco por perder ela. No outro caso, me machuco por perder os outros. Se eu surto, todos se assustam com a depressão psicótica. Se eu não mais me importo, todos tomam as eventuais farpas como uma raiva contra si, como se fosse pessoal a menor das pedras que eu lançasse. De ambas as maneiras, dificilmente eu atravesso a situação sem perdê-la de fato. Por isso, desejem-me força. Desejem-me sorte.



P.S.: Meu blog tem estado muito depressivo. Meus textos, desinteressantes. Meus mais sinceros pedidos de desculpas aos meus tão queridos leitores.

P.S. 2: Se algum dos leitores tiver algo a dizer, qualquer ajuda a prestar, qualquer comentário que seja, que venha! Mas o faça em particular, por favor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário