segunda-feira, 19 de abril de 2010

Nova Iorque em chamas

Nova Iorque está em chamas
E ninguém vai acudir.
Niguém pode, ninguém deve:
Todos terão que partir.

A partida será breve
Mas será definitiva
Ninguém sabe se a cidade
Morrerá ou ficará viva

Se a cidade cair,
Muita coisa perder-se-á.
Coisa nova, coisa velha
Por ali, e acolá.

Coisas úteis e importantes,
Lugares e memórias.
Os postes, muros e hidrantes,
Escondem sempre uma história.

Se a cidade resistir,
Em júbilo todos ficarão.
Os partidos retornarão,
E meu caminho hei de seguir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário