terça-feira, 13 de outubro de 2009

Lutero é um bosta!

Antes de me crucificar por xingar um santo, fundador de uma igreja diferente do catolicismo reinante da sua época, entenda meus motivos:
Antes do nascimento de Lutero, todos eram livres para fazerem o que bem entenderem desde que não prejudicasse outras pessoas. E quando eu digo tudo, isso significa tudo mesmo, sem que ninguém venha tirar satisfações, fazer troça ou dar sermões sobre o que fazer e o que não fazer. As pessoas andavam nuas e falavam de qualquer coisa de sua vida, mesmo a vida sexual, sem pudor, porque o pudor não existia. As orgias sexuais faziam parte da vida diária dos nobres, não eram apenas fantasias da imaginação dos pervertidos. E não digo isso pelo sexo em si, mas porque eles podiam fazer o que gostassem, o que achassem divertido, o que bem entendessem, enfim, o que os fizessem felizes momentaneamente, ou até eternamente, sem que a sociedade viesse impor regras.
As regras da sociedade existiam para que todos vivessem felizes sem estragar a felicidade dso outros, e todos podiam ser felizes se conseguissem se sustentar dentro das regras.
Então chegou o começo de uma mudança nas eras, porque a visão da igreja católica, naquela época, fraca, mas já manipuladora, foi intensamente impulsionada depois que Lutero disse a frase fatídica, em tom irônico:
"Não tenhamos vergonha de falar do que Deus não teve vergonha de criar".
O catolicismo governou quase toda a Europa e parte da Ásia, e a vida das pessoas, incluindo a dos gregos, grande potência da época, mudou completamente.
Estátuas foram "mutiladas" por que não poderia haver partes íntimas descobertas, e quem preferisse viver à moda antiga era perseguido, torturado e morto. A vida em sociedade mudou contra a sua vontade, por meios violentos e manipuladores, e os traços dessa sociedade persistem até hoje.
Portanto, se virem alguém pervertido, não xinguem essa pessoa, porque ela é clássica, mas xinguem Lutero, por ter indiretamente manipulado toda a nossa vida e a vida de quem nos cerca, modificando para pior e acabando com a liberdade de expressão.

3 comentários:

  1. Eu até entendo os motivos do Lutero e graças a ele as pessoas agora não são "obrigadas" a serem católicas.

    ResponderExcluir
  2. Pode ser que sim, mas ele avacalhou geral a sociedade quando disse essa maldita frase *cospe no chão*. Um mundo sem pudor é um mundo em que é muito mais fácil pensar de verdade, sem distrações sem nexo, e é um lugar onde a felicidade é livre para habitar a vida humana.

    ResponderExcluir
  3. não entendi. não entendi mesmo. acho que Lutero foi um cara legal e corajoso. as coisas tavam tomando um rumo que não deveriam. ele foi lá e mudou.
    ou talvez eu saiba muito menos sobre idade média do que eu to pensando.

    ResponderExcluir